AUDIÊNCIA PÚBLICA

Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) e Gasoduto de Integração Norte Fluminense (GASINF)

A Audiência Pública foi realizada no dia 28/04, às 19h.

Ela foi transmitida, ao vivo, pelo site da GNA e nas rádios 97 FM (97.1), Costa Doce FM (101.9), Carapebus FM (87.9), Quissamã FM (87.9) e Radio da Paz FM (87.9).

Na ocasião mais de 250 pessoas participaram do debate ao vivo e tiveram a oportunidade de enviar perguntas ou fazer o uso da palavra, por meio dos canais de comunicação disponibilizados pela GNA.

Para acessar a gravação da Audiência Pública, clique no botão abaixo:

Assistir

As perguntas recebidas após o encerramento da sessão foram encaminhadas para a CECA, para que sejam respondidas e consideradas no parecer final que antecede a decisão sobre a emissão da licença.

De acordo com o Artigo. 14, § 2º da Resolução CONEMA nº 35/2011, após a realização da Audiência Pública, a população terá 10 dias (entre 29/04 a 08/05) para envio de perguntas, documentos, sugestões e críticas adicionais, que também serão considerados no parecer final que antecede a decisão sobre a Licença Prévia do projeto.

As novas manifestações sobre o projeto deverão ser encaminhadas à CECA e ao INEA por meio dos endereços abaixo:

CEAM – Coordenadoria de Estudos Ambientais

E-mail: ceam@inea.rj.gov.br

CECA - Comissão Estadual de Controle Ambiental

E-mail: ceca@ambiente.rj.gov.br ou ceca.ambiente@yahoo.com.br

A realização de Audiência Pública de forma remota foi autorizada por meio da Deliberação CECA nº 6.463, de 06/04/2021, em consonância com as Resoluções CONEMA nº 35/2011 e nº 89/2020, de forma a preservar a saúde dos participantes frente à pandemia do novo Coronavírus, em atendimento ao disposto no Decreto Estadual no 46.970/2020. Confira a legislação

Conheça o projeto

O projeto será responsável por receber e processar o gás natural das bacias de Campos e Santos, no pré-sal, e disponibilizar ao mercado o gás processado e seus subprodutos para serem utilizados, principalmente, como fontes alternativas para geração de energia a fim de garantir o desenvolvimento econômico do país.

A UPGN será instalada no Porto do Açu e o GASINF passará pelos municípios de São João da Barra, Campos, Carapebus, Quissamã e Macaé.
Para maiores informações confira, abaixo, o Folder da UPGN e do GASINF, o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA):

Sobre a GNA

A GNA – Gás Natural Açu – é uma empresa formada a partir de uma parceria entre as empresas Prumo Logística, bp, Siemens e SPIC Brasil, dedicada ao desenvolvimento, implantação e operação de projetos estruturantes e sustentáveis de energia e gás.

A GNA está construindo um parque termelétrico a gás natural no Porto do Açu, composto por um terminal de regaseificação de GNL e duas usinas termelétricas: a UTE GNA I e a UTE GNA II, com capacidade de gerar mais de 3.000 MW de energia segura para o Brasil. Juntas, as usinas vão gerar energia suficiente para atender cerca de 14 milhões de residências.

Para mais informações,
ligue gratuitamente para: